Ganhe frete grátis - Faltam R$500,00

Ácido Glicólico

Glycolic Acid

Também chamado de ácido hidroxiacético, ácido hidroxietanoico ou AHA. Usado em cremes, loções e géis. Em consultório pode ser usado em concentrações de 30%, 50% e até 70% , de acordo com a resistência da pele e com a natureza da lesão a ser tratada, variando de 1 a 3 minutos o tempo de contato. Em pH 3,8 é um agente esfoliante e despigmentante. Em pH 6,0 o ácido glicólico torna-se um glicolato, um excelente agente hidratante. A medida que o pH aumenta, diminui a capacidade de renovação da pele. Utilizado em concentrações de 5,0 a 10,0% para uso diário. Comentários sobre o Ácido Glicólico Os alfa-hidróxiácidos (AHAs) constituem um grupo de substâncias normalmente encontradas em frutas e alimentos e, por isso, são conhecidos como ácidos de frutas. O ácido glicólico é o mais popular destes ácidos e é encontrado naturalmente na cana-de-açúcar. Outros ácidos deste grupo são: o ácido láctico encontrado no leite azedo; o ácido cítrico presente nas frutas cítricas; o tartárico, nas uvas; o málico e o mandélico, na maçã. O ácido glicólico possui a menor molécula e por isto é aquele que encontrou grande emprego na indústria cosmética. Outros ácidos da família dos AHA possuem também potencial para uso clínico: ácido acetil-mandélico, ácido metil-mandélico, ácido galacturônico, ácido tartárico. O ácido glicólico tem sido usado largamente no tratamento de diversas lesões da pele, por diminuir a coesão entre os corneócitos, por interferir na ligação iônica, degradando a proteína que une um corneócito a outro. Lesões, como a queratose seborreica, acne, verrugas vulgares e queratose actínica, têm sido tratadas com sucesso pelo ácido glicólico. Mais recentemente vem sendo usado no tratamento de rugas superficiais, médias e profundas, lentigos solares, sequelas de acne, manchas hipercrômicas de diversas etiologias (melasma, cloasma e manchas hipercrômicas pós-inflamatória), flacidez da pele, pele seca, estrias, manchas senis, ictiose e fases isoladas de algumas lesões de psoríase.

CARRINHO
CARREGANDO...
Ajuda